Publicidade
WHATS APP NEWS
Agressão
Repórter da Globo é afastado após agredir idoso em elevador
Rodrigo Maia, repórter que aparece em vídeo brigando com vizinho, disse que foi ameaçado e perseguido por meses antes da agressão
Uma briga entre vizinhos acabou resultando no afastamento de um repórter da Globo.

A Rede Gazeta, afiliada da Globo em Vitória, decidiu afastar, nesta quinta-feira (20), o repórter Rodrigo Maia, após ele ter se envolvido em uma briga no condomínio onde mora, nesta terça-feira (18).

As imagens das câmeras do prédio captaram a confusão, que começou no elevador.

Um senhor homem de camisa azul discute com o repórter Rodrigo Maia, de camisa mais clara. O motivo seria o barulho vindo do apartamento do repórter nos dias anteriores.

Rodrigo filmava tudo com um celular. O homem de camisa azul tenta empurrar e chutar o repórter. Rodrigo coloca o celular no chão e parte para cima do vizinho. A briga continua do lado de fora do elevador.

O vizinho em questão, de 69 anos, abriu um boletim de ocorrência da Delegacia do Idoso local.

As imagens da confusão viralizaram nas redes sociais e a emissora decidiu pelo afastamento do repórter até a apuração completa dos fatos.

Há cerca de quatro anos no canal, Rodrigo chegou a participar de um especial da 40 anos anos da afiliada, 2016, em que jornalistas relembravam reportagens que marcaram as suas vidas. O repórter fala justamente de uma matéria sobre um idoso que sonhava fazer faculdade e conseguiu.

No Facebook do repórter há mensagens de pessoas indignadas e outras que pedem que ele explique o que aconteceu.

Foi o que Rodrigo fez. Na tarde desta quinta-feira (20) ele deu um depoimento transmitido ao vivo, direto da sede da Gazeta, via Facebook. Maia quis dar a sua versão dos fatos.

O jornalista conta que aguentou meses de provocação do vizinho em questão, a quem chamou de “psicopata”.

Disse que foi perseguido pelo mesmo e chegou a entrar em contato com a imobiliária que aluga o imóvel em que ele vive para reclamar.

”Ele dizia que ouvia barulhos, marteladas no meu apartamento. Só ele ouvia isso, mandou varias cartas dizendo que tomava remédios fortes para dormir”, diz Rodrigo. “Ele disse que são barulhos de obra. Quem faz obra no apartamento de madrugada ?”, questiona ele.

O repórter conta que a síndica saiu em defesa dele várias vezes pois não havia barulho nem reclamações envolvendo o apartamento. “Ele gritou e brigou com a síndica “, diz o repórter.

Conta com detalhes as várias conversas que teve com o vizinho, até uma em que o senhor disse que havia separado uma “faca” para matá-lo.

Rodrigo revela que chegou a visitar o apartamento do senhor para entender quais eram os barulhos que ele ouvia mas não entendeu de onde vinham.

”Eu estou vivendo um pesadelo, diz Rodrigo Maia.

O repórter fala que foi vítima de notificações judiciais, cartas diariamente colocadas debaixo da sua porta e ameaças por parte do senhor, que é professor universitário e vive sozinho no apartamento.

A confusão foi parar na Justiça antes da briga física, mas não houve conciliação. O jornalista diz que as discussões continuaram até o dia da briga.

Rodrigo afirma que se arrepende da agressão, mas que viveu uma perseguição de meses por parte do vizinho.

A Rede Gazeta informa que decidiu afastar de suas funções o repórter Rodrigo Maia, que se envolveu numa briga no condomínio onde mora, em Vitória. A emissora diz que repudia qualquer tipo de violência. E tão logo tomou conhecimento dos fatos decidiu imediatamente pelo afastamento do repórter até apuração completa do ocorrido.

Procurada, a Globo ainda não se manifestou sobre o assunto.


Fonte: Diversao.r7.com
MAIS WHATS APP NEWS
 
 
 
GUIA COMERCIAL
COLUNA UP STREET
Publicidade
WWW.UAIBOX.COM.BR
HOME      NOTÍCIAS      FOTOS E EVENTOS      AGENDA      DICAS DE FILMES      POINT & TUR      CONTATO
Copyright © 2015 Todos os direitos reservados