Publicidade
NOTÍCIA
Política
PT errou ao subestimar campanha no WhatsApp, diz Gleisi
Cassiano Rosário/Futura Press
A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, afirmou nesta quarta-feira (17) que o partido não se preparou devidamente e subestimou a campanha eleitoral feita pelo Whatsapp. Segundo ela, Jair Bolsonaro (PSL) está fraudando a eleição ao produzir mentiras disseminadas através do aplicativo de mensagens.

Em discurso no plenário do Senado, a petista responsabilizou Bolsonaro por atos de violência registrados nas últimas semanas.

"Na maioria deles, quase que cem por cento, os agressores eram seguidores do deputado Jair Bolsonaro", disse. "O senhor é simplesmente um símbolo. Simboliza a violência, a crueldade, a barbárie. Abriu as portas da bestialidade na sociedade brasileira. Os seus seguidores matam gritando seu nome".

A senadora afirmou que a campanha do candidato do PSL atua com disseminação de ódio, calúnias, difamações e orientações de violência.

"O senhor é responsável por fraudar esse processo eleitoral, manipulando e produzindo mentiras veiculadas no submundo da internet através de esquemas de Whatsapp pagos, de fora deste país", disse.

Em entrevista concedida após o discurso, Gleisi disse que a comunicação de Bolsonaro é organizada e reconheceu que, nesse novo cenário, o PT não se preparou adequadamente.

"A gente já tinha isso mais ou menos no radar por conta da campanha do Trump, mas não nos preparamos devidamente. Acho que aí tem um erro do PT, de nós termos subestimado, não a força das redes sociais tradicionais, mas não nos preparamos para a questão do Whatsapp", afirmou.


Fonte: Yahoo Notícias
MAIS NOTÍCIAS
 
 
 
GUIA COMERCIAL
COLUNA UP STREET
Publicidade
WWW.UAIBOX.COM.BR
HOME      NOTÍCIAS      FOTOS E EVENTOS      AGENDA      DICAS DE FILMES      POINT & TUR      CONTATO
Copyright © 2015 Todos os direitos reservados