Publicidade
NOTÍCIA
BRs
Feriado será com rodovias interditadas em 25 trechos
Na BR–381, que leva aos destinos mais procurados pelos mineiros, há obras que complicam o trânsito
Pedro Gontijo
Minas Gerais tem pelo menos 25 trechos de rodovias totalmente interditados ou com restrições de tráfego, que exigem atenção redobrada de quem vai pegar a estrada para as festas de Natal e Ano-Novo. Na BR–381, rota de alguns dos principais destinos preferidos dos mineiros, como o Espírito Santo e a Bahia, há obras que complicam o trânsito. As intervenções, somadas ao formato sinuoso da via e às más condições do asfalto, intensificadas principalmente pelas chuvas dos últimos dias, tornam a estrada, já conhecida como “Rodovia da Morte”, ainda mais perigosa.

O trânsito já estava lento na BR–381 nesta quarta-feira (20), na saída para Vitória. A rodovia tem dois trechos em obras – entre Governador Valadares, no Rio Doce, e Coronel Fabriciano, no Vale do Aço, e também na altura de João Monlevade, na região Central.

Segundo o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), embora os trechos demandem atenção, o tráfego está “seguindo normalmente”. A previsão é que a circulação nas estradas aumente, principalmente a partir desta sexta-feira (22) à tarde.

O engenheiro de trânsito Silvestre de Andrade Puty Filho alerta também para a geografia da BR–381, que tem muitas curvas. “Tem que ter um cuidado redobrado para evitar as ultrapassagens em locais proibidos e manter uma distância de segurança em relação ao veículo da frente. A pressa é inimiga da perfeição e do motorista”, afirmou. Segundo ele, as estradas que não estão sob concessão não recebem a manutenção necessária durante o ano e, com as chuvas, ficam ainda mais prejudicadas. “Não há drenagem e bom pavimento. A chuva não é surpresa, mas acaba piorando a situação, que já não é boa”, disse o especialista.

Problemas. Entre as rodovias federais, a BR–116 está parcialmente interditada em Muriaé, na Zona da Mata, para o reparo de um problema causado pelas chuvas nos terrenos inclinados.

Já entre as estradas estaduais, o tráfego está interrompido em seis trechos, dois deles na MG–329, e está parcialmente interditado ou precário em outros 19. As interdições foram provocadas, principalmente, por erosões e queda de barreiras.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Polícia Militar Rodoviária (PMRv) ainda não anunciaram os esquemas das operações de fim de ano, mas deve haver reforço de policiamento nas rodovias estaduais e federais devido ao aumento do fluxo.

De acordo com o especialista Puty Filho, é melhor viajar durante o dia e evitar transitar sob chuvas fortes. Se estiver chovendo, o conselho é parar o carro e esperar. “A aquaplanagem acontece quando o pneu descola da pista. O motorista precisa tentar controlar no volante: se ele frear, há risco de o carro rodar”, explicou.

Manutenção

Contratos. De acordo com o Dnit, mais de 90% da malha rodoviária federal sob sua responsabilidade em Minas Gerais está coberta atualmente por contratos de manutenção.


Pista terá que ser liberada rapidamente
A Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) aprovou na quarta-feira, com emendas e em segundo turno, o projeto de lei que prevê a liberação mais rápida das rodovias em caso de acidentes. O texto estabelece o prazo de quatro horas para início de ações de transbordo e de neutralização em acidentes nas regiões metropolitanas. Nas demais regiões, o prazo mínimo será de oito horas.

O projeto, do governador Fernando Pimentel (PT), prevê também que o Estado ou as concessionárias devem isolar isolamento do local, acionar imediatamente os órgãos competentes e informar os usuários sobre os acidentes.

O texto determina que, em caso de acidentes, transportadores de produtos perigosos tenham um plano emergencial de ação na estrada e um plantão de atendimento 24 horas. A lei vai entrar em vigor assim que for sancionada pelo governo.

Mortos e feridos

Operações. As polícias Rodoviária Federal e Militar Rodoviária ainda não anunciaram as operações de fim de ano nas estradas. Devido ao aumento do fluxo, deve haver reforço de policiamento.

Acidentes. Nos feriados de Natal e Ano-Novo de 2016, houve 86 mortes nas rodovias federais e estaduais que cortam Minas.


Via 040 espera 544 mil veículos
Na BR–040, que liga BH ao Rio de Janeiro, são esperados cerca de 544 mil veículos durante os dez dias de operação da concessionária Via 040, que começa nesta sexta-feira – o fluxo é 30% maior do que o de dias normais. Nas datas de maior movimento não haverá interdições para obras.

No caso das estradas concessionadas, o especialista Silvestre de Andrade Puty Filho aconselha que os viajantes anotem o telefone de emergência e consultem, pela internet, a situação da rodovia antes de sair de casa.


Fonte: O Tempo
MAIS NOTÍCIAS
 
 
 
GUIA COMERCIAL
COLUNA UP STREET
Publicidade
WWW.UAIBOX.COM.BR
HOME      NOTÍCIAS      FOTOS E EVENTOS      AGENDA      DICAS DE FILMES      POINT & TUR      CONTATO
Copyright © 2015 Todos os direitos reservados